Um olhar sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros
(38) 3229-9800
 
Conheça-nos
Principal
Mural
Eu te procuro
Clamor & Broncas
Músicas de M. Claros
Hoje na história
 de M. Claros
Montes Claros
 era assim...
História
Chuvas em M. Claros,
  mês a mês,
 de 1905 a 2012
Memorial de
 João Chaves
Memorial de
 Fialho Pacheco
Reportagens
Concursos
Colunistas Convidados
Notícias por e-mail
Notícias no seu site
Fale conosco
 
Anuncie na 98 FM
Ouça e veja a 98 FM
Conheça a 98 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 98
Previsão do tempo
 
Anuncie na 93 FM
Ouça a 93 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 93
Publicidade
 
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Davidson Caldeira
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Enoque Alves Rodrigues
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
Ivana Rebello
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz de Paula
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Luiza Silveira Teles
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Prefeitura
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 
Atuais
Panorâmicas
Antigas
Pinturas
Catopês
Obtidas por satélite
No Tempo de Lazinho
Estrada Real Sertão
Mapa de M. Claros
 

10/9/2014 -"...teve até o desfile de um mendigo novo, supostamente drogado, que andou pelo centro, o quarteirão fechado da rua Simeão Ribeiro, completamente nu, exibindo-se". A crescente degradação da Praça da Matriz e vizinhança pede:

»1 - Policiamento mais rigoroso
»2 - Redefinição do uso da praça que é o marco zero da cidade
»3 - Outra reforma física
»4 - Maior empenho das autoridades no cumprimento das leis
»5 - Uma recuperação em todos os sentidos

» Ver resultados «




Buscar no Site


Previsão do tempo

Digite uma cidade:

Busca no



 
 



Jornalismo exercido pela própria população



Deixe sua notícia neste Mural, clique aqui para enviar.
(Seja objetivo e escreva no menor espaço possível. Se preferir, coloque seu e-mail; se desejar, coloque também endereço e telefone. As mensagens - preferencialmente de inspiração noticiosa - serão publicadas a critério da redação. Textos que ferem as leis serão sumariamente descartados, assim como mensagens agressivas ou que pretendam apenas criar polêmica e discussão estéril.Pede-se, com empenho, que as mensagens não sejam redigidas em letra de caixa-alta (letras maiúsculas), que em linguagem de internet equivalem a falar gritando. As mensagens aqui postadas não representam a opinião do montesclaros.com; a responsabilidade pertence ao autor da mensagem).



Ir para mensagem N°:
Por data:

Mensagem N° 70341
De: Jandira Data: Seg 6/2/2012 10:16:11
Cidade: Belo Horizonte/MG
Vejam esta notícia publicada pelo jornal Hoje em Dia, nesta segunda-feira. Leiam e tirem as conclusões:
"PMs acusam comando de manipular dados de crimes - Policiais redigem boletins como se ocorrências fossem menos agressivas para “melhorar” desempenho do Estado - Juliana Correa - O combate à criminalidade em Minas tira o sono de policiais militares de todo o Estado. Profissionais garantem que, para cumprir a meta estipulada anualmente pela Secretaria de Defesa Social (Seds), são obrigados por superiores a manipular boletins de ocorrência (B.O.) para reduzir as estatísticas de crimes violentos. Os “bons” resultados apresentados à sociedade rendem uma recompensa financeira aos policiais militares, conhecida como Abono Produtividade, recebida de acordo com o desempenho a cada ano de serviço. As denúncias alertam para um falso avanço no combate à violência no Estado. Para “melhorar” os indicadores, alguns PMs redigem as ocorrências como se os crimes fossem menos agressivos. A estratégia “transforma” homicídio em encontro de cadáver e tentativa de assassinato em lesão corporal. A lesão corporal é classificada como agressão, que, por sua vez, vira atrito verbal. Já o roubo é lavrado como um simples furto. Em Contagem, por exemplo, os registros de encontro de cadáver passaram de 27, em 2010, para 42 em 2011, um aumento de 55%. A situação se repete em Santa Luzia, também na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde as ocorrências dobraram no mesmo intervalo, subindo de 12 para 24. “A ordem dos comandantes é a de que os índices de criminalidade estejam dentro das expectativas do Governo”, diz um militar que trabalha em Belo Horizonte e pediu anonimato. “A verdade é que não temos como diminuir a violência com a realidade atual do Estado. A população aumentou e o efetivo policial continua o mesmo. Jamais conseguiremos bater as metas nessas condições”. Um boletim de ocorrência redigido em dezembro de 2011 mostra a insatisfação de policiais que são obrigados a “burlar” o B.O.. No registro feito por militares do 34° Batalhão da PM, a vítima relata que estava na porta da casa de um amigo quando foi alvo de tiros efetuados por quatro homens em um veículo. Por ordens de superiores, a ocorrência foi registrada como disparo de arma de fogo. Inconformado com a identificação do B.O., o policial responsável pelo boletim relatou que no local foram encontradas cápsulas de duas armas, contradizendo a versão de um simples tiro. O histórico da ocorrência informa que o registro foi feito “seguindo orientações do senhor ten. cel. Fagundes, comandante do 34° Batalhão, segundo informações do ten. Rafael, comandante do patrulhamento no 34° Batalhão neste turno”. Para mostrar que a denominação não estava de acordo com as regras da corporação, o policial acrescentou: “Cumprindo determinação do CICOP (Centro Integrado de Comunicações Operacionais), fica relatado este B.O. com a natureza de homicídio tentado contra a vítima”. O PM também fez constar no documento a determinação de superiores para que o episódio fosse anotado como um simples disparo de arma de fogo. Procurado pelo Hoje em Dia, o comandante do 34° Batalhão, tenente-coronel Idzel Fagundes, afirmou que só comentaria o fato após analisar o boletim."
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70340
De: Adilson do taxi Data: Seg 6/2/2012 08:24:39
Cidade: Porteirinha/MG
E-mail: uaiadilson@gmail.com
mensagem: esse acidente da carreta cegonheira demonstra que o norte de minas continua sem liderança política. a quantidade de veículos pesados que passam por nossas acanhadas estradas, fugindo da fiscalização e do controle dos policiais.(...)
gente , nos taxistas que estamos todos os dias na estrada , sabemos como sao irresponsaveis esses cegonheiros , fazem ultrapassagens em cada lugar que esfriamos vendo tanta irresponsabilidade , nao tendo visibilidade ou faixa permitindo , eles nao estao nem ai , nos e que temos que sair da frente ,se nao passam por cima , como sao maiores , eles abusam . temos que tomar muito cuidado quando vemos que vem uma em nossa direçao , parecem ser super homens , nada os atingira, sao totalmente malucos na estrada . por isso causam tantos acidentes iguais a esse em espinosa
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70339
De: Alberto Sena Data: Seg 6/2/2012 09:30:50
Cidade: Montes Claros/MG
Revolução armada na madrugada

Alberto Sena

Há fortes indícios de que eles estejam se organizando, cada madrugada um pouco mais, para lançar um movimento de guerrilha revolucionário. Nós pudemos constatar isto na noite passada, quando eles se reuniram na frente do nosso prédio, para discutir, certamente, um posicionamento quanto à estratégia de ação.
Não temos notícia se os mesmos indícios ocorrem também em Montes Claros, mas aqui, num raio de 200m ao redor de onde eles se reuniram ninguém dormiu na noite de sexta-feira para sábado.
Não dá para dizer ao certo, mas em cálculo por baixo, eles não são menos de 30 integrantes barulhentos. E porque fazem barulho, as pessoas já estão com medo deles. Vimos o grupo crescer de pouco em pouco e achamos que eles vão crescer mais em número e podem se transformar num exército apátrida. É só esperar para ver.
Da nossa janela, no meio da madrugada, enquanto eles estavam lá na rua, em algazarra infernal, se é que lá no inferno seja também assim, cada um querendo se expressar mais alto do que o outro, pudemos ver que são tipos heterogêneos.
Cada um quer impor a sua ideologia e se manifesta atabalhoadamente, de modo contundente, um querendo sobrepujar o outro. Mas já dá para notar um líder no meio deles.
Achamos que se a reunião deles fosse de dia, ninguém ajuizado ousaria passar próximo do grupo sem correr o risco de sofrer algum tipo de violência. Não dá para confiar em nenhum deles estando em grupo. Esfomeados, o poder de fogo deles aumenta consideravelmente, e é aí onde mora o perigo.
A impressão é de que se alguém for contra o grupo, a possibilidade de uma reação da parte deles será imediata. E é preciso considerar que nada têm a perder e nós temos tudo a perder porque eles podem ser capazes de fazer qualquer coisa esfomeados como estão e em grupo composto de cerca de 30 integrantes.
Além do mais, porque não têm residência fixa, nem recebem assistência alguma, eles vivem perambulando pelas ruas ao deus dará e a essa altura se transformaram em tipos que podem ser hospedeiros de doenças transmissíveis. Para frear essa insipiente organização revolucionária será necessário as autoridades agirem rápido, se é que ainda resta tempo.
Sabendo que as autoridades são lentas para tomar atitude em questões dessa natureza, se eles não forem contidos, o risco ao sair de casa e com eles dar de cara é grande de dia e maior à noite. A ferocidade está na cara de cada um. Quando mostram os dentes, não estão simplesmente sorrindo, estão mostrando o que são capazes. Que ninguém se engane quanto a isto.
Eles não vestem farda de exército revolucionário. Cada um é diferente do outro. O que os une, pelo que pudemos constatar, é o fato de viverem na rua e se encontrarem em meio à madrugada, enquanto a cidade dorme.
Nós não temos meios para detê-los. O máximo que podemos fazer é o que fazemos agora. Lançamos este alerta às autoridades a fim de tomarem uma providência o quanto antes, dentro do princípio de que é melhor prevenir do que remediar.
As autoridades costumam tomar providências tarde demais contra os perigos que nos cercam; quando fazem alguma coisa é depois que há vítimas fatais. Por enquanto não há notícia de que eles já fizeram alguma vítima. Mesmo porque ainda estão em fase de organização. E o temor é justamente este: organizados, eles poderão ser mais perigosos do que os lobos das estepes de Hermann Hesse.
Mas de lobos eles nada têm. São cães abandonados, que ninguém quer cuidar deles, nem as autoridades. Se os direitos humanos são solapados, os dos animais nem se fala. Esses cerca de 30 passam as noites se juntando uns aos outros, formam uma matilha de meter medo. Só vendo para crer. Alguém já imaginou do que eles serão capazes se acontecer de serem liderados por um cão com mais sapiência canina?
De dia, escondem-se em lugar incerto e não sabido. Dispersam-se. Mas à noite, como é o caso agora, já podemos ouvi-los ladrar como se estivessem convocando os demais para nova assembleia legislativa, quer dizer, deliberativa.
Somos a favor deles. Este texto é uma prova disto. Discordamos do modus operandi. Entretanto, pressentimos, o estouro de uma revolução dos bichos, de George Orwell é iminente, a partir do movimento guerrilheiro dos cães abandonados. Quem viver vai morrer de medo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70338
De: Carlúcio Data: Seg 6/2/2012 08:55:13
Cidade: montes claros/MG
Senhor prefeito: a boate sem tratamento acústico no "triângulo da impunidade" voltou a infernizar nossas vidas, nesta madrugada de segunda-feira. Até além das 3 horas, o som de uma banda e uma locução impertinente lançavam barulho nas redondezas, pelo teto desta boate que ignora as leis. Na madrugada do sábado, o barulho veio do posto localizado nos fundos da Santa Casa, como foi descrito aqui. Hoje, fomos novamente penalizados pela boate que não cumpre as leis e, pelo visto, conta com a benevolência (???) da Secretaria do Meio-Ambiente e da polícia Ambiental, pois as reclamações são antigas e repetidas a cada fim de semana. (...) Até quando, sr. prefeito?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70337
De: joao Data: Seg 6/2/2012 08:22:55
Cidade: janauba
E-mail: joaodasanta@gmail.com
Sou representante comercial , trabalho em uma empresa ha 10anos , e a cada treis meses temos reuniao para treinamentos em vendas, ha varios anos hospedamos na pousada do sesc ali na avenida do barulho(SANITARIA) varias reclamacoes dos representantes de varias cidades de que nao conseguia dormir por causa dos barulhos de som automotivo, buzina etc, pela madrugada a fora,infelismente um hotel de otima estrutura, comida deliciosa esta perdendo a referencia,entao o gerente da passou a nos levar para hoteis fazenda como o (...),aguas da serra em buenopolis, estao perdendo uma grande clientela, no caso da minha empresa somos um total de 64 representantes que hospedava ali a cada treis meses. mas temos que conformar isso aqui e BRASIL
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70336
De: leandro Data: Seg 6/2/2012 01:28:28
Cidade: mg
E-mail: leo.mta@gmail.com
Nesta noite de domingo por volta das 22 hrs no bairro eldorado, um jovem foi vitima de tentativa de assassinato. Dois homens chegaram em uma moto e fizeram varios desparos no rapaz. Moradores disseram q foram pelo menos 12 tiros. Uma mulher q estava passando proximo ao local tbm foi atingida. Vizinhos indignados com a demora do atendimento, levaram as vitimas ao hospital mais proximo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70335
De: Luiz Tadeu Leite Data: Dom 5/2/2012 20:00
Cidade: Montes Claros/MG
MONTES CLAROS E JOINVILE, BELO ESPETÁCULO. José Prates Não tenho o costume de estar sempre à televisão para assistir jogos de futebol, vôlei, basquete ou qualquer outro, salvo na copa do mundo quando a vitória do Brasil coloca-se como honra nacional, atingindo a todo mundo. (...)

Mesmo tratando-se de um respeitável octogenário, não posso aceitar a opinião do sr. José Prates, da forma como se expressou. Ele e a dona Afra só puderam ver o jogo entre o Montes Claros e o Florianópolis (não o Joinville) porque ajudamos a criar o time que é, sem dúvida, a glória de nossa cidade, mesmo perdendo como perdeu aquela partida. E todos os dias sou massacrado pelos que são contra a ajuda ao time de volei, os mesmos que também são contra a venda de parte da praça de Esportes para construir o Mocão e o Teatro municipais. A velha Praça de Esportes e sua memória vão continuar existindo, com todas as suas atuais atividades e, melhor, ampliada e melhorada, porque parte da verba a ser conseguida vai ser usada para esta reforma. Não aceito ser denominado pelo sr. José Prates como um "carrasco insensível ao passado". Manteremos a tradição da praça e, ao mesmo tempo a cidade vai ganhar duas grandes obras que lhe faltam. E, quem sabe? em breve, o Sr. Prates irá ver jogos em Montes Claros, do conforto de sua residência na cidade maravilhosa, no estádio que iremos construir? Isto não é insensibilidade, mas responsabilidade e coragem pra ousar!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 70334
De: Jusssara Data: Dom 5/2/2012 21:23:13
Cidade: Montes Claros
Cena de M. Claros, por volta das 20 horas deste sábado. Um caminhoneta escura, placa (...), vinha pela contra-mão numa das principais ruas que desaguam na avenida Correia Machado. Os motoristas que iam pela mão, acreditando que pudesse ser um visitante desinformado, deram sinal de luzes. Aí, foi possível ver, com clareza, que se tratava de um potencial assassino, um delinquente motorizado, num carro de luxo. Ele, na contra-mão, insistiu em prosseguir e conseguiu que uma fileira de carros, na mão, lhe cedesse a passagem. É um retrato da realidade de nossas ruas.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70333
De: Luci Data: Dom 5/2/2012 21:15:43
Cidade: M. Claros
Parte considerável do barulho nesta madrugada no triangulo da impunidade veio daquele posto nos fundos da Santa Casa. Carros usinas de som forneciam a música e mocinhas, muitas delas menores, muitas bêbadas, dançavam ao som de letras imorais, promovendo a algazarra até o nascer o dia. (...)

Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70331
De: J. Eduardo Data: Dom 5/2/2012 20:22:48
Cidade: M. Claros
(...). Se a prefeitura e a polícia ignoram direitos tão essenciais,tão básicos, como dormir e ter sossego em casa, o que mais a população pode esperar, nesta cidade em que a qualidade de vida de todos cai tanto?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70330
De: elcio Data: Dom 5/2/2012 19:25:29
Cidade: montes claros
aqui no bairro JK apareceu nessa madrugada de sábado para domingo um monte de arruaceiros,desordeiros, homens e mulheres numa total falta de respeito e educação com os vizinhos isso ocorreu entre 04:00 e 05:00 (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70329
De: Ilacir Telles Data: Dom 5/2/2012 17:42:49
Cidade: Fortaleza  País: Brasil
Preço da gasolina aqui em Fortaleza:R$ 2,499 - diesel e álcool, o mesmo praticado em Moc.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70328
De: Cmte Bottina Data: Dom 5/2/2012 16:48:49
Cidade: Moc
Em fase final de aprovação pela ANAC, os 3 vôos diários que a AZUL pretende implantar na cidade com origem e destino B.Hte/Confins, já abre processo para contratação de 15 funcionários para trabalhar no aeroporto local. Vai desde 1 vaga para gerente de aeroporto à 2 para supervisores, 8 para agente de aeroporto e 4 para técnico em manutenção. Os detalhes podem ser vistos no endereço eletrônico www.voeazul.com.br, abra a guia "conheça a Azul" e na sequencia "trabalhe conosco". São as boas notícias que vem do céu azul para os montes claros...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70327
De: Paulo Data: Dom 5/2/2012 15:53:01
Cidade: Montes Claros
Aqui no Jaraguá I na rua alberto mourao teve uma festa dia 31/01 (...) que durou até 5hs da madruga com som de carro. (...) No ano passado tivemos muita dificuldade com eles e até assinaram compromisso na Sec Meio Ambiente, mas a policia está afrouxando e "testaram" se podem voltar a fazer as festas...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70326
De: Hudson Data: Dom 5/2/2012 14:50:39
Cidade: M. Claros
Aqui, no bairro Ibituruna, também não tivemos uma boa noite. Uma banda péssima começou a tocar ainda por volta das 9 horas da noite e varou a madrugada fazendo barulho. Depois, colocou som mecânico, atrapalhando o sono de todos. A exibição se deu em área residencial, perto de casas e apartamentos, num galpão em frente ao prédio da Receita Estadual. Um absurdo, que vem se repetindo. (...) Cadê a Patrulha do Silêncio? Cadê o orçamento de milhões da Secretaria do Meio Ambiente? (....) Ou apenas as autoridades, digo políticos, que moram em condomínios de luxo tem direito ao descanso e a dormir, enquanto piora a qualidade de vida dos demais moradores desta cidade? Porque as leis não são cumpridas? Porque o Meio-Ambiente não se move, gastando com quê o dinheiro que pagamos em impostos? Sossego e segurança para eles, e barulho e medo para nós? Até onde irá a paciência de todos, privados de descansar, de dormir?(...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 70325
De: jove gonçalves Data: Dom 5/2/2012 13:31:45
Cidade: M. Claros
E-mail: jovegoncalves@gmail.com
Por onde anda a patrulha do silêncio de Montes Claros? após a criação da ´patrulha´ o número de veículos com som de alta potência que circula na rua Geraldino Machado aumentou 50%. isso ainda vai acabar em uma tragédia !!!

O que eu acho imcrivél que as autoridades só fiscalizem após denúncia e que muitas das vezes não dão em nada ,assim como nas lojas de som que mesmo denunciadas,continuam abusando com o barulho infernal,até quando vai durar esta impunidade.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70324
De: Estado de Minas Data: Dom 5/2/2012 13:26:30
Cidade: Belo Horizonte
Jovem mantém ex-namorada e amiga dela reféns por seis horas em Montes Claros - Armado com uma faca, ele levou as duas para um banheiro e trancou a porta, ameaçando matá-las, caso a ex-namorada não reatasse o relacionamento com ele - Luiz Ribeiro - Um rapaz, inconformado com o fim do relacionamento, manteve a ex-namorada refém por cerca de seis horas em Montes Claros, no Norte de Minas, na noite deste sábado e na madrugada deste domingo. Armado com uma faca, Robson Tadeu Santos Torres, de 19 anos, dominou a ex-namorada Nadesdra Dias de Oliveira, de 18 anos, juntamente com a amiga dela, a menor J.V.B, de 14 anos, no Bairro Morrinhos, próximo ao Centro da cidade. O sequestro só terminou depois que Polícia Militar dominou o rapaz.
Conforme a Polícia Militar, por volta das 20h30min de sábado, Robson Tadeu chegou ao apartamento de Nadesdra, onde encontrou a ex-namorada em companhia da amiga. Armado com uma faca, ele levou as duas para um banheiro e trancou a porta, ameaçando matá-las, caso a ex-namorada não reatasse o relacionamento com ele.
Uma prima de Nadesdra acionou a Polícia Militar. Assim que chegaram ao local, os policiais iniciaram a conversa com o jovem, pedindo para que ele se entregasse e não ferisse a ex-namorada e a adolescente. As negociações foram acompanhadas por dezenas de curiosos, que se concentraram em frente a casa. Após muita conversa, por volta de meia noite, o agressor libertou a menor, mas manteve a ex-namorada sobre seu domínio.
Por volta das 4h30min, policiais militares invadiram o banheiro, dominaram Robson e libertaram a jovem. Nadesdra e a amiga dela tiveram apenas ferimentos leves e foram atendidas em hospital da cidade, voltando para casa, logo em seguida. O agressor foi levado para a delegacia, onde ficou preso.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70323
De: Braulio Data: Dom 5/2/2012 10:30:23
Cidade: Montes Claros
Esse acidente da carreta cegonheira demonstra que o norte de minas continua sem liderança política. A quantidade de veículos pesados que passam por nossas acanhadas estradas, fugindo da fiscalização e do controle dos policiais. E ai vemos cada vez mais nosso povo perdendo a vida devido à esses irresponsáveis caminhoneiros, muitas vezes orientados pelos empresários donos das transportadoras. Temos que colocar balança, fiscalização, redutores de velocidades, radares, etc. Um exemplo é a estrada que liga Paracatu à Unai, que é utilizada por milhares de carretas carregando soja, e o limite lá na maioria dos trechos é 60 km/h. Quem não estiver satisfeito, que procure outro trajeto. Ou duplicar a rodovia, como estão fazendo na região do triângulo. Mas lá tem uma classe política mais amadurecida e civilizada. Aqui não, os nossos deputados ficam mais interessados em costruir ginásios, doar ambulânicas, nomear diretoras e perseguir servidores, do que fazer o que mais interessa para nossa região, que é a defesa da qualidade de vida. Estão sempre com o pires na mão, espero migalhas, e dizendo amém para construção de presídios e lixões.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70322
De: Suzana Data: Dom 5/2/2012 10:01:33
Cidade: M. Claros
Decididamente, M. Claros tornou-se uma cidade sem lei. Gritos, uivos, arrancadas, barulhos de carros usinas de som, perturbação generalizada do sossego público, desobediência sistemática das leis - tudo aconteceu até às quase 6 horas da manhã deste domingo no agora batizado "triângulo da impunidade".(...) Sem falar nos menores, muitos, que ingeriam álcool no canteiro central, abertamente, molestando os moradores da região - sem risco de serem molestados. Se houve alguma presença policial, ela foi absolutamente ineficaz, pois que o tumulto atravessou toda a madrugada (foi pior depois da meia-noite). É um grande retrocesso para a cidade, para suas autoridades, sem falar na tragédia particular desses jovens que mergulham na delinquência sem que os ditos "responsáveis" movam uma palha, sem que as famílias se movam! Um pavor. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70321
De: Gonçalves Data: Dom 5/2/2012 09:49:44
Cidade: MOC  País: Brasil
Por onde anda a patrulha do silêncio de Montes Claros? após a criação da "patrulha" o número de veículos com som de alta potência que circula na rua Geraldino Machado aumentou 50%. isso ainda vai acabar em uma tragédia !!!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70320
De: Maira Data: Dom 5/2/2012 05:23:04
Cidade: Montes Claros
O sequestro na rua Melo Viana acaba de ser resolvido. Sem vitimas fatais, graças a Deus.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70319
De: Estado de Minas Data: Dom 5/2/2012 02:21:45
Cidade: BH
Três pessoas morreram em um grave acidente na manhã deste sábado na BR-122 em Espinosa, no Norte de Minas.Uma carreta cegonheira que seguia em direção ao estado da Bahia tentou fazer uma ultrapassagem e bateu em no Linea placa EWS-0850, de Campinas (SP). Dois ocupantes tiveram ferimentos leves.Ainda desgovernada, a carreta tombou sobre o Voyage placa FWM-0336, de Sumaré (SP), onde estavam os ocupantes que morreram. Houve derramamento de óleo e foi preciso espalhar serragem na pista.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70318
De: Altair Data: Dom 5/2/2012 00:34:40
Cidade: Montes Claros
Fiquei sabendo agora que ocorreu um acidente em Espinosa que provocou a morte de tres pessoas. Pela caracteristicas, são pessoas da familia da minha esposa. Um gol de Saõ paulo. Alguem pode me indormar nomes das pessoas envolvidas no acidente?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 70317
De: Gilmar Data: Dom 5/2/2012 01:54:14
Cidade: Montes Claros
Impunemente, carros usinas de som chegam agora ao triangulo da impunidade. No calçadão central, menores consomem bebidas alcoólicas e pessoas presumidamente drogadas gritam e até uivam. (...) Será uma cracolândia em formação, diante das vistas das autoridades? (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70316
De: Gabriel Data: Dom 5/2/2012 01:30:50
Cidade: Montes Claros
Soube que acontece no bairro sequestro onde o namorado mantem a garota ocmo refem dentro da própria casa...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70315
De: Jonas Data: Sáb 4/2/2012 23:18:11
Cidade: Montes Claros
Jovem mantém garota refém aqui na melo viano no morrinhos, rua lotada, policia é mato...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70314
De: Cida Data: Sáb 4/2/2012 23:17:27
Cidade: Montes Claros/MG
Neste momento, um rapaz faz uma pessoa como refém em uma casa situada na rua Melo Viana, bairro Morrinhos. Uma parte da rua encontra-se interditada com carros da polícia e SAMU.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70313
De: Moradora Data: Sáb 4/2/2012 22:39:12
Cidade: Montes Claros/MG
um homem mantém duas mulheres reféns em um banheiro aqui na rua melo viana no centro. le está portando faca e arma de fogo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70312
De: RODRIGO Data: Sáb 4/2/2012 22:24:57
Cidade: montes claros
Acaba de acontecer um sequestro no bairro Morrinhos, rua Melo Viana. Rapaz pega namorada de refem, varias viaturas da policia e corpo de bombeiros. Que Deus ilume essa pobre moça....
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70311
De: José Prates Data: Sáb 4/2/2012 17:26:45
Cidade: Rio de Janeiro - RJ
MONTES CLAROS E JOINVILE, BELO ESPETÁCULO.
José Prates
Não tenho o costume de estar sempre à televisão para assistir jogos de futebol, vôlei, basquete ou qualquer outro, salvo na copa do mundo quando a vitória do Brasil coloca-se como honra nacional, atingindo a todo mundo. Nada entendo desses esportes. Por isso, não posso discutir sobre quem jogou mal ou jogou bem. Assisto ao espetáculo e acho bonita a habilidade dos jogadores. Pra mim, é simplesmente um espetáculo de destreza com a bola. Hoje, porém, foi diferente. Amanheci ansioso que chegasse dez horas para ligar a televisão, sintonizar a Rede Globo e esperar que o time montesclarense de vôlei entrasse em campo para disputar com Joinvile, Santa Catarina, uma peleja do campeonato da superliga. Estava fazendo um trabalho no computador, mas, nove e meia larguei, desliguei a máquina e fui para a sala acomodar-me no sofá, esperando que começasse o jogo. Apareceram os jogadores A imagem do HDTV é perfeita e nos dá a impressão de estarmos na cena, mas, eu e Afra, minha esposa, não reconhecemos ninguém. Não podíamos reconhecer porque são garotos que nasceram muito depois de termos saído de lá, mas, ali , naquele momento, não importava que fosse ou não nossos conhecidos, o que nos importava é que estávamos vendo Montes Claros disputando uma posição de honra numa superliga nacional de voleibol e como não podia deixar de ser, a velha Praça de Esportes estava presente em nossa mente porque presente ela estava naquele time de jovens montesclarenses. Foi naquele pedaço de chão que tudo começou: foi ali que nasceu o esporte montesclarense que hoje é conhecido e respeitado no país inteiro. Quando ouvíamos o locutor esportivo dizer “ponto de Montes Claros” é como se estivéssemos ouvindo falar “ponto da velha Praça” que até ali levou nosso esporte, inexistente quando ela nasceu, mas, hoje conhecido e respeitado no cenário desportivo nacional. O nosso time perdeu, mas, perdeu de pé, inteiro, com brilho e com honra. A velha Praça está morrendo também de pé, inteira, com brilho e com honra. Morre sem a assistência dos que lhe deviam garantir a saúde porque o interesse pelo lucro financeiro superou o interesse pela história, na preservação do que é história. A Praça de esporte morre no abatedouro e será retalhada e vendida aos pedaços para alimentar a ganância de alguns insensíveis à história. Não é Montes Claros que sacrifica e retalha a velha Praça para vendê-la aos pedaços. São alguns carrascos insensíveis ao passado. .
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70310
De: Estado de Minas Data: Sáb 4/2/2012 13:29:03
Cidade: Belo Horizonte/MG
(...) O secretário do Desenvolvimento dos Vales Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas, Gil Pereira (PP), foi condenado a perda dos direitos políticos por três anos por causa de uma entrega de lotes para a população carente de Juramento, em 2004. O secretário pode recorrer no Tribunal de Justiça da decisão da Justiça de Montes Claros, a 34 quilômetros do município. Na época, Pereira era pré-candidato à Prefeitura de Montes Claros. “Não fui como candidato a prefeito, até porque não concorria em Juramento. Fui como deputado estadual votado na cidade. Vou recorrer e tenho confiança absoluta de que vou ser inocentado pelo Tribunal de Justiça”.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70307
De: Carlos Henrique Data: Sex 3/2/2012 18:11:15
Cidade: Montes Claros
Vi ontem pela tarde uma cena estarrecedora: A aprox 50 metros da prefeitura/ fórum / policia federal, em um lote vago ao fundo de uma escola, um jovem em roupas maltrapilhas fumando um cachimbo de crack... Meus Deus, bem ao lado dos olhos da lei...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70306
De: Waldyr Senna Data: Sex 3/2/2012 16:18:42
Cidade: Montes Claros/MG
Mudar para comunicar

Waldyr Senna Batista

Montes Claros já não está “melhor a cada dia”, como pretendia a propaganda oficial da Prefeitura. O lema agora é : “Unidos construiremos muito mais”.
Por que a mudança? Provavelmente porque as coisas alcançaram estágio tão bom, que não há como melhorar mais. Ou, como costumam brincar os eternos otimistas bem humorados: “Se melhorar mais, atrapalha”.
Outra possibilidade seria o esgotamento do poder de comunicação da mensagem. Concebida para uma administração bem sucedida, ao final de três anos e a poucos meses de uma eleição em que o prefeito participará, a mensagem estaria produzindo efeito contrário. A solução foi mudar enquanto é tempo. Em vez da frase que permite a prova comparativa, o apelo subliminar de parceria com o contribuinte.
O “slogan” que sai de circulação remetia ao velho princípio, segundo o qual uma ideia que não seja verdadeira, repetida mil vezes, transforma-se em verdade. Com os novos meios de comunicação em massa, a regra predominante é a de que o produto tem de corresponder às qualidades contidas na propaganda. O exemplo didático é o do refrigerante: de nada vale atribuir-lhe aquele sabor divino, se ele não consegue passar pelo teste do paladar do consumidor, que logo identifica a tentativa de engodo. A cidade está melhorando? Em que setor?Onde estão as obras?
O exemplo óbvio, neste caso, são os buracos, que proliferaram com as chuvas torrenciais do final/princípio de ano. Eles alcançaram o estágio de calamidade, e a população aceitou que o resultado de agora é a somatória de processo de deterioração que vem de longe. E esperava que, tão logo cessasse a dificuldade climática, entraria em operação uma espécie de força-tarefa para amenizar em prazo razoável essa situação de constrangimento que a cidade está enfrentando.
Porém, decorridos vinte dias de estiagem, viu-se que não havia dispositivo emergencial algum, com a operação tapa-buracos processando-se ao ritmo habitual, isto é, devagar, quase parando. O que faz temer que as chuvas, que já voltaram e vão se repetir até o final do verão, poderão reabrir os “buracos de estimação” que continuam danificando pneus e suspensões.
A mesma observação se aplica ao mato que tomou conta da cidade. Consequência natural das chuvas, não poderiam colher de surpresa a administração. Seus agentes estão por aí, enxadas em punho, tentando debelar o matagal que se estende por toda a cidade, com destaque (negativo, é lógico) para a Av. Sanitária.
Mas mato, mesmo, medra nos cemitérios municipais, onde mal se vem as lápides, nas quais, além das ervas daninhas, chama a atenção também aquele tipo de sujeira que denuncia o abandono do que, em países civilizados, é tratado como jardim.
Pois do lado de fora do cemitério principal, há muito sem vagas para novos sepultamentos, o lixo transborda de caçamba, que tem sido remexida, espalhando sujeira em volta, num desmentido à propaganda oficial de que o combate ao mosquito da dengue “agora é guerra”. Ou, se é, vê-se que a Prefeitura está perdendo feio.
Ao fim e ao cabo, fica a certeza de que, com ou sem troca de mensagem publicitária, com ou sem chuva, há muito o que construir e consertar para que a cidade afinal possa vir a se tornar melhor a cada dia.

(Waldyr Senna é o mais antigo e categorizado analista de política em Montes Claros. Durante décadas, assinou a "Coluna do Secretário", n "O Jornal de M. Claros", publicação antológica que editava na companhia de Oswaldo Antunes. É mestre reverenciado de uma geração de jornalistas mineiros, com vasto conhecimento de política e da história política contemporânea do Brasil)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70305
De: Carlúcio Data: Sex 3/2/2012 12:33:58
Cidade: Montes Claros
A Prefeitura de M. Claros continua obstinada na decisão de vender parte da Praça de Esportes, o que provocou grande polêmica, e mais provocará. Colocou anúncio nos jornais com o título:
"Oportunidade para Investidores. Área central de Montes Claros à venda."
No texto, trata a Praça de Esportes como "lote". Diz assim:
"Licitação para venda de lote no município de Montes Claros (total de 13 000 m2), localizado na parte dos fundos da Praça de Esportes."
E prossegue:
"O edital poderá ser adquirido mediante recolhimento da taxa de R$ 50,00 e retirado diretamente na Comissão de Licitações..."
O texto termina:
"Data da licitação: 6/2/2012, às 9 horas.
Local: Sala da Comissão de Licitações na Prefeitura de Montes Claros".
(...)Pelo que se vê, a prefeitura e o provável comprador, ou compradores, ignoram o risco da possívelcompra, com os desdobramentos na área judicial por muitos e muitos anos. (...) A polêmica tende a pegar fogo. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70304
De: Sandro Nunes Data: Sex 3/2/2012 11:37:23
Cidade: Moc
E-mail: sandraonunes@gmail.com
A Prefeitura de Montes Claros está colocando meios fios para dividir a pista central da avenida Plínio Ribeiro (...) O projeto original previa a colocação dos meios fios no trecho compreendido entre o trevo do MAxxi atacadista até o trevo da Real. Entretanto, a exceção está permitindo a criação de uma interseção bem defronte(...), talvez para facilitar a entrada e saída de caminhões, o que está tornando o local (...)perigoso, com risco iminente de acidentes. (...).. Nem para as vias de acesso aos bairros houve condecendências, porquê o privilégio (...)?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70303
De: Guilherme Data: Sex 3/2/2012 10:15:33
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
Quase não vi divulgada a ampliação dos incentivos da Sudene para o Norte de Minas através da MP 540, que concede isenção de 75% do imposto de renda para empresas que se instalem ou ampliem sua atuação na área da Sudene, inclusive as de tecnologia digital. Poderão receber os benefícios empresas que protocolem e tenham aprovados seus projetos até 31 de dezembro de 2013. Esta noticia deveria ser amplamente divulgada nas mídias para incentivar a atração de novos investimentos para o Norte de Minas.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70302
De: Graça Oliveira Data: Qui 2/2/2012 23:30:05
Cidade: São Francisco  País: Brasil
Os vereadores de Montes Claros são mesmo muito importantes. Estão agora se passando por Tribunal Superior Eleitoral. Quando o TSE editar a Resoluçã sobre a eleição deste ano como ficará a Lei aprovada por eles?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70301
De: Gustavo B. Campos Data: Qui 2/2/2012 22:05:32
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
E-mail: barbcam@gmail.com
A Câmara Municipal de Montes Claros ignorou seus limites de competência e aprovou dispositivo de natureza eleitoral que limita propaganda política. A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 prevê em seu artigo 22 : "Compete privativamente à União legislar sobre: I - direito civil, comercial, penal, processual, ELEITORAL, agrário, marítimo, aeronáutico, espacial e do trabalho;" Trata-se de uma norma aprovada tão somente para "fazer bonito para os eleitores" pois não é crível que os Vereadores desconheçam a impossibilidade de legislarem sobre matéria eleitoral. A melhor "média" que teriam feito com os eleitores teria sido a observância da vontade de 90 % da vontade popular que não desejava o aumento do número de vereadores. Esta Lei eleitoral é pura demagogia e será descumprida pelos própiros vereadores que forem candidatos à reeleição. Quando vi a notícia da aprovação desta Lei me senti tratado como um otário. O muro de minha casa fica disponível para o candidato que quiser desde que não seja desta Câmara atual.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70300
De: silvana Data: Qui 2/2/2012 19:35:16
Cidade: barrinha sp  País: brasil
E-mail: garotataotao12@hotmail.com
sou irma de elaine cristina de oliveira vitima de um acidente terrivel no estado de minas ondi ela o marido e os 2 filhos dela e minha filha com apenas 10 anos perdeu a vidas deles nessa maldita rodovia br 365 buritisero pesso as altoridades que tome providencias sobre essas estradas mineiras para que outras familias nao perca suas vidas tem estradas orrivel purai pesso k ponha a mao nas conciensa thauu
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70299
De: Prof. Reinaldo Sandes Data: Qui 2/2/2012 10:19:46
Cidade: Montes Claros/MG
Somente hoje, ao retornar das férias, tive conhecimento do prematuro falecimento de Benícia, competente funcionária da COTEC/UNIMONTES, onde, por muitos anos prestou relevantes serviços, principalmente nos processos seletivos promovidos por aquela instituição. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70298
De: Hoje em Dia Data: Qui 2/2/2012 10:18:09
Cidade: Belo Horizonte/MG
Montes Claros barra pintura política em muro – Girleno Alencar – Pintar ou afixar propaganda eleitoral nos muros, postes ou árvores, agora, é ilegal em Montes Claros, no Norte de Minas. A Câmara promulgou a lei 4.472, que proíbe a propaganda eleitoral nesses espaços. A proibição foi promulgada com a data de 26 de janeiro, pois o prefeito Luiz Tadeu Leite (PMDB) estava viajando e deixou de sancionar a lei. A atitude ficou a cargo da Câmara. Apesar da publicação, a lei ainda será encaminhada aos quatro juízes eleitorais de Montes Claros. A lei aprovada gerou dúvidas no Poder Judiciário, pois o juiz Danilo Campos salientou que precisava de estudo mais aprofundado sobre seu conteúdo, já que a pintura dos muros é fixada pela Justiça Federal, que sobrepõe a qualquer iniciativa municipal. Pela lei promulgada, a proibição de pintar os muros independe da permissão do proprietário e o infrator flagrado terá 72 horas para retirar a propaganda e se persistir no erro, pagará multa de R$ 500. Se manter a infração, a multa será de R$ 1 mil. Os candidatos poderão colocar apenas banners, faixas e cartazes.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70297
De: Leandro Data: Qui 2/2/2012 09:58:04
Cidade: São Paulo/SP  País: Brasil
ao remetente da mensagem n° 70293/eduardo gomes.gostei muito das suas palavras,disse tudo no seu texto. porém,acredito que se for para "economizar" vidas na br.251 a melhor solução seria mesmo o pedágio. sou de moc,e estou em sp. viajando o sudeste tive oportunidade de ver a qualidade das estradas em que o pedágio é cobrado. pistas duplicadas,bem sinalizadas,asfalto de qualidade,tráfego intenso que flui normalmente. de bh para o rio,do rio para sp,não vi nenhum acidente,nenhum carro com pneu estourado e muitas vezes máquinas na pista,refazendo trechos de asfalto rachado! que venha o pedágio para a 251!!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70295
De: Cmte Bottina Data: Qui 2/2/2012 09:05:49
Cidade: Moc
O transporte aéreo em Montes Claros vive momento de grande assédio pelas companhias aéreas brasileiras. Desdobramentos e otimizações de rotas, escolhas mais adequadas das aeronaves e briga incessante pelos horários mais procurados e passíveis de melhores conexões nos “hubs” mineiros – Pampulha e Confins. Reparem a situação de hoje, de acordo com a planilha de pedidos de autorizações à ANAC para operarem no trecho, que a GOL permanece sólida com seus 2 horários diários, inclusive sábado e domingo, ambos com destino a Confins e São Paulo, com uma escala no primeiro. A TRIP, por sua vez, substituirá, em março, suas aeronaves para ATR-72, para até 60 lugares, ao invés de ATR-42 para 45 lugares, em todos os seus horários, que são cinco, que partem de Pampulha para MOC. Já o sexto vôo da mesma, que parte de Confins no meio da manhã com destino a Salvador e escala em MOC, com jato E-175, será substituído também por um ATR-72 para 60 lugares, mas com uma diferença: implantará o vôo de volta de Salvador no meio da tarde, situação que não acontecia anteriormente, já que o mesmo antes de chegar em MOC fazia escala em Confins. Isso, depois de ver negada a escala na ida e na volta em Vitória da Conquista, talvez por limitações do aeroporto daquele lugar. Já a AZUL, insiste na implantação dos 3 vôos partindo de Confins para MOC, na manhã, no meio do dia e no fim da tarde partindo de Confins com ATR-72, mas no momento com pedido “em restrição” por parte da Infraero, notadamente por falta de condições de abrigar mais aeronaves no páteo e de processamento de passageiros nos horários reivindicados. O mesmo ocorre com a PASSAREDO que hoje renovou seu pedido para operar MOC-Pampulha com o jato E-145 para 50 lugares em 4 horários, diariamente, dois pela manhã e dois à tarde, mas que vê seu pedido “em restrição” possivelmente pela capacidade esgotada do aeroporto local, mas que pode pesar a seu favor o fato da mesma operar em “code share” com a GOL e assim, compartilhar espaços nos balcões, já que seus horários propostos não coincidem – estrategicamente – com aqueles em vigor das outras empresas, além da particularidade de que o primeiro vôo do dia tem origem na Pampulha e assim a aeronave foge da necessidade de pernoitar na cidade e equacionando, portanto, a questão do espaço no páteo local. Se assim for, a cidade e região passam a ser a “menina dos olhos” da aviação nacional, vista assim pelos executivos das aéreas e dos investidores, mas que os políticos que atuam na região insistem em não enxergar e reivindicar melhorias para o aeroporto local. Estão, isso sim, dando mole para os políticos “paraquedistas” que tanto insistem em combater e que deverão chegar – pelo andar da carruagem(ou o voar dos aviões) mais rápido do que se imagina, uma vez que não pularão de pára-quedas, mas sim chegarão de aviões! Senhores políticos, por favor...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70294
De: Raphael Reys Data: Qui 2/2/2012 07:35:03
Cidade: Montes Claros/MG  País: Brasil
E-mail: raphaelreysmoc@gmail.com
BOÇALIDADE

Reminiscências extraídas da nossa memória seletiva, a qual foi condicionada por manipulações do marketing religioso; versando sobre os fatos geradores da morte e crucificação de Jesus o Cristo, e que retornam a minha mente estimulada pelos sentimentos despertados, pelo período da Semana Santa.
Os registros iniciaticos dos Essênios relatam que: o mal compreendido e impopular Judas Iscariotes era na verdade um guerrilheiro, e membro atuante da contra resistência Judia. Um Maqui! Infiltrou-se aos seguidores de Jesus imaginando ser o mestre amado, um pretenso político com o objetivo de ser mesmo o rei dos Judeus.
Isso ocorreria com a queda das forcas de ocupação. Mas ao saber que, o mestre e o seu reino não eram deste mundo, fez o que faria qualquer quinta coluna: Partiu para a eliminação do empecilho, via delação. O que deu para a arvore deu também para o machado!
Idem, Idem, para Barrabás chefe da Contra-resitência do braço armado e retaliador dos Judeus. Um Robim Wood de então, que após uma reunião ultima com os lideres Judeus, e informados do reino dos céus, ficou decepcionado. Foi usado no julgamento, estrategicamente. Visavam desestimular os seguidores de Jesus. Os romanos sabedores dos fatos estratégicos, o eliminaram.
Fizeram como fazem as autoridades políticas dominantes de qualquer tempo da historia. Manipulam os fatos e as informações.
Ainda retrocedidos no tempo, e já nos Montes Claros de 1940, quando o nosso popular Leonel Beirão, que na época chefiava a turma conhecida como, os Quebra Pau, unidade paramilitar montada para garantir a segurança da cidade, durante o período da Segunda Grande Guerra patrocinou a seguinte cena cômica.
A unidade, tornada então retaliadora caçava pelas ruas da cidade, de forma subjetiva (impulsionados pelo efeito da cachaça ingerida em demasia) e, impunemente, estrangeiros, quaisquer que fossem aqui residentes, ou mesmo de passagem, para interrogá-los, já que certamente eram espiões e entregá-los, a autoridade imaginaria e supostas.
Armados de facão, porretes e garruchas, os da patrulha, a portas do Hotel São Jose exigiam a descida de um hospede estrangeiro residente na casa. Era um caixeiro viajante de origem judia, que informado dos fatos, desceu ate a porta de peito aberto. E aqui vai o dialogo travado entre ele e Leonel Beirão:
Leonel – (apontando à garrucha) Têje preso!
Judeu - (sem entender, por estarem àqueles homens bêbados) Por quê?
Leonel – Caçamos os inimigos dos Aliados!
Judeu - (pondo a mão no coração) Eu sou judeu e os meus patrícios estão sendo caçados pelos Nazistas, os senhores deveriam ter vindo aqui para me prestar solidariedade. Nos também somos aliados!
Gaiato bêbado – (enquanto Leonel baixava a 380`) Foram os judeus que mataram Jesus!
Leonel – (apontando novamente a garrucha) Têje preso!
Judeu - (estupefato) Mas isso foi há 1940 anos.
Leonel – (garrucha em riste) Não interessa, estou recebendo a queixa agora! Portanto acompanhe-me em nome da lei!
Este diálogo, que veio a fazer parte do folclore Montes-clarense, e por si só explica os efeitos do preconceito induzido à mente por vias subliminares.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70293
De: Eduardo Gomes Data: Qua 1/2/2012 23:00:17
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
Viajo cada vez com mais constância pela região, e principalmente pela BR-251. A situação de deterioração dessa rodovia é realmente um descalabro. Independente da qualidade de qualquer obra que foi feita, ou seja, feita no futuro, dois fatos são claros e decisivos sobre as razões do problema. Primeiro o aumento expressivo de veículos, a grande maioria caminhões e carretas ligando o Sudeste ao Nordeste, e em segundo, o que considero como o grande causador dessa tragédia anunciada: o excesso de cargas ou tonelagem, cujos limites não existem, já que não há praticamente fiscalização. Como as reformas, ou operações tapa-buracos são feitas com baixa qualidade, e sem ao menos o pavimento passar pelo tempo de cura necessário, o piso logo se deforma criando as poças e em seguida os buracos.
Como o tráfego mais pesado é no sentido Sul-Sudeste/Norte, é visível a maior quantidade de buracos e deformações na pista da direita, sentido Montes Claros Salinas
O problema se acentua com o estado da rodovia, que recebe reformas "meia-boca". Basta consultar as normas técnicas ABNT sobre padrões de qualidade de pavimentação e facilmente se chega à conclusão óbvia da matemática da questão.
É o nosso suado dinheiro, sugado pela máquina arrecadatória do Governo que se esvai nos buracos, rachaduras, afundamentos, ou resumidamente, na deterioração de uma rodovia fundamental para todos nós. Soma-se a isso o prejuízo humano com a perda de vidas, a perda de tempo precioso de cidadãos comuns e de profissionais, todos contribuintes e eleitores. Já as empresas e transportadores realmente são prejudicadas, mas o sistema de repasse de custo se encarrega de mandar a conta para a população. Ou seja, frete mais caro, produto mais caro também.
Há cerca de três meses venho percorrendo com frequência o trecho Salinas Montes Claros. Alguns buracos já têm nome e fazem aniversário de tão antigos que são. Um dos trechos mais caóticos está nas proximidades de Francisco Sá. Um mar de crateras provoca aquele “balé” perigoso de carros e caminhões se desviando dos buracos. O fato trouxe de volta o fenômeno da orda de carentes, crianças, adolescentes e até idosos fazendo aquele serviço paliativo e duvidoso, de jogar terra nos buracos em troca de uma moeda, o que é raro.
Mesmo com dias de sol contínuo, pouco ou nada foi feito, mesmo que em caráter emergencial para reduzir, pelo menos, o risco de acidentes, em pontos negros com algumas curvas como na subida de Espinhaço (Serra de Francisco Sá) e na serra de Salinas, ambas na BR-251. Acidentes, inclusive fatais, já aconteceram e vão continuar se providências urgentes não forem tomadas. Daí a gente questiona se o Dnit não tem um serviço de manutenção próprio, ou contratado, que possa se deslocar com presteza e eficiência resolvendo esses problemas mais pontuais, até que o Governo Federal realmente cumpra sua obrigação. Culpam a burocracia e o tempo, mas ao mesmo tempo o Governo anuncia recordes de arrecadação.
Como deputados e até mesmo alguns prefeitos só se deslocam por via aérea, fica realmente difícil que eles entendam a real necessidade de uma obra mais expressiva, seja duplicação ou reforma de verdade. Estamos cansados dessa ladainha de obras superfaturadas e serviço mal feito. A falada 7ª economia do mundo continua se afundando na lama da corrupção, na picaretagem explícita das licitações fraudulentas de super faturamento de cartas marcadas.
Parece que intencionalmente querem nos empurrar uma situação de privatização das rodovias como a solução mágica para a ineficiência governamental. Então seremos mais felizes, com menos acidentes, transito fluindo mais rápido e com o bolso mais vazio com a bitributação , da soma IPVA mais Pedágio. A tática é sempre essa. Abandonar prá depois encontrar a “fantástica” solução.
E temos ainda de suportar a propaganda hipócrita do governo falando do IPVA como instrumento de cidadania. Tá difícil ser otimista nesse país.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70292
De: Kleber Rodrigues Data: Qua 1/2/2012 22:11:59
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
E-mail: kleber63@bol.com.br
São 21:00 Cheguei agora em Salinas vindo de Montes Claros.... a estrada virou uma grade armadilha. De Francisco Sá até aqui contei 9 carros trocando pneu...gente com muita bagagem...gente com criança que em meio a escuridão e as luzes do pisca alerta correm pra amenizar o risco e seguir viagem. Avisem seus amigos pra não fazer esta viagem anoite, o risco é muito grande. São Pedro deu uma boa trégua será que vamos ter que esperar que alguém conhecido "Politicamente" se envolva num acidente nesta estrada para sensibilizar nossos governantes....Acredito que umas duas caçambas de material asfáltico poderia tampar as maiores crateras pra amenizar este grande risco...Falta sensibilidade!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70291
De: Dick Data: Qua 1/2/2012 12:52:14
Cidade: M. Claros
Definitivamente, a boa pista de pouso em Montes Claros (e não as instalações aeroportuárias) ganham importância. Além de receber frequentemente o Aerolula (ou será, agora, Aerodilma?)em vôos de treinamento dos pilotos da FAB encarregados de atender a Presidência da República, o aeroporto local está recebendo vôos que por razões meteorológicas não podem descer nos aeroportos de Belo Horizonte. À boa pista vêm somar-se as excepcionais condições meteorológicas do céu montesclarense, sempre calmo, sempre belo, sempre azul. Ou quase sempre. Hoje, nublado.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70290
De: Daniel Data: Qua 1/2/2012 12:48:16
Cidade: M. Claros
O tráfego em Montes Claros, hoje, já refletia o fim de férias e a volta às aulas.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70289
De: Augusto Vieira Data: Qua 1/2/2012 10:03:41
Cidade: Belo Horizonte
UMA DÉCADA AO LADO DE MAURICINHO

Felipe Gabrich me pediu que escrevesse uma crônica sobre o tempo em que trabalhei na Fundação Norte Mineira de Ensino Superior, com o Magnífico Reitor João Valle Maurício, para ilustrar uma publicação comemorativa do cinquentenário da instituição, que hoje é uma das mais conceituadas universidade do país.
Viajo no tempo para dizer que minha geração, nascida no pós-segunda guerra mundial, cresceu numa Montes Claros com pouco mais de vinte mil almas, sem um paralelepípedo sequer, onde todo mundo conhecia todo mundo. Os partidos políticos que se revezavam no poder eram PR e PSD. Maurícinho era do PR. Minha família do PSD. E fomos caminhando, juntos, construindo a cidade. A rivalidade entre as facções era intensa, mas respeitosa, com raras exceções. Poucos sectários, intransigentes, quebravam a harmonia social.
Quando terminei o antigo curso ginasial, na Escola Normal, ainda não havia o curso científico na cidade. Somente os jovens cujos pais podiam arcar com o pesado ônus de sustentá-los em centros urbanos mais desenvolvidos poderiam continuar os estudos. Em 1960 iniciamos, no Diretório dos Estudantes, sob a liderança de José Gama Dias, um movimento pela criação do curso científico e contamos com o apoio de dois grandes amigos do então governador Magalhães Pinto: Euler de Araújo Lafetá e Alcides Martins Loyola. O Governador veio a Montes Claros e eu fui o orador do palanque, na Praça Dr. Chaves, em nome dos estudantes.
Comecei meus estudos do científico no Colégio Santo Antônio, de Belo Horizonte. Logo depois foi instalado o curso em Montes Claros e eu tratei logo, prevendo inclusive uma estrondosa bomba no final do ano, de voltar para meu cantinho. E terminei o científico junto a colegas maravilhosos, que hoje despontam no culto cenário catrumano. E depois? O que faríamos? O mesmo problema anterior nos afligiu. Não havia cursos superiores na cidade. Fui embora para Belo Horizonte e fiz vestibulares. Não só eu, mas muitos moços e moças, em busca do saber.
Montes-clarenses, muito poucos, nascidos nos anos 20 e 30 do século próximo passado, de famílias abastadas, com raras exceções, já haviam concluído cursos superiores e exerciam suas profissões na cidade. E nós? O que fazer? Enfrentar a estrada sem asfalto ou as gostosas viagens pelos vagões da Central do Brasil, em memoráveis viagens. Fora de nosso rincão morávamos em repúblicas. Alguns pais até se mudaram ou passaram a ter duas residências para acompanhar os estudos dos filhos.
O que seria dessa geração? Ela sonhava, quase toda, em terminar os estudos superiores e voltar para o aconchego de sua aldeia. A gente sai de Montes Claros, mas Montes Claros nunca sai da gente. E foi essa turma, associada a antigos intelectuais da cidade, que deu os primeiros passos para a criação de nossa universidade. Mauricinho e Mário Ribeiro batalhavam para criar a Faculdade de Medicina. Izabel Rebello, Mary e Baby Figueiredo, Sônia Prates e outros por uma Faculdade de Filosofia. João Luiz de Almeida por uma Faculdade de Direito. E estes sonhos, com o decorrer do tempo, foram se tornando realidades.
Quando cheguei, em 1970, três faculdades já estavam autorizadas a funcionar, pelo Conselho Estadual de Educação e pelo MEC: medicina, direito e filosofia, esta última com vários cursos. Estavam lançadas as sementes. E o campo era fértil. Recém-casado, minha esposa, Heloísa Combat, era funcionária pública concursada, da Secretaria de Estado da Administração. Tínhamos doutorado, eu em direito público, ela em direito privado. Fui à residência de Mauricinho, na Dr. Santos e pedi a ele que estudasse a possibilidade de ela ficar à disposição da Fundação. Ele simplesmente me mandou datilografar o ofício solicitando ao governo. Pouco tempo depois a nomearia Diretora Executiva, cargo que exerceria até o último dia de seu mandato. Mauricinho e Heloísa montaram um embrião de Reitoria, num cômodo do lado esquerdo do Centro de Saúde, na Dr. Veloso, e ali iam administrando a futura universidade. Mauricinho pediu-me para ser seu assessor jurídico, sem remuneração. Aceitei o cargo orgulhosamente e exerci a função por mais de sete anos, ao mesmo tempo em que lecionava nas Faculdades de Direito (Teoria do Estado e Direito Constitucional), Filosofia (Política. no curso de Ciências Sociais) e Economia (Finanças Públicas).
O grande valor que vi naquele homem foi sua capacidade de superar o antigo ranço político e tratar com o mesmo senso de fraternidade e justiça, tanto os descendentes de seus correligionários, quanto os de seus adversários políticos. Ele, com espírito magnânimo, norteado por seu ideal de levar a educação superior aos norte-mineiros, tão carentes de cultura, agia com a maior imparcialidade, exaltando os méritos de todos, recrutando todos para a empreitada, sem qualquer discriminação. Sacrificava seus interesses pessoais pela instituição e, pelo que eu observava, gastava muito mais de seu próprio dinheiro do que a simbólica remuneração que seu cargo de Reitor passou a ter, depois de implantada a universidade. E ainda se preocupava com aqueles que não podiam pagar as mensalidades. Assessorei-o num Congresso de Reitores, em Manaus, e ele me ordenou que fizesse um projeto de financiamento dos cursos superiores aos estudantes carentes. Fiquei emocionado quando ele leu, na assembleia, o esboço de uma lei que redigi e que foi submetido à votação e aprovado unanimemente. E ele alardeava para todos que eu fora o autor, por ordem dele, do projeto da lei que instituiu o crédito educativo no Brasil.
Quando tudo se estruturou, quando todos começaram a receber salários, inclusive eu, surgiram o que chamamos vulgarmente de “olhos gordos” e começaram uma insidiosa campanha contra Mauricinho, até derrubá-lo do poder. Fiquei revoltado com isto. Ele se sacrificara anos a fio por um ideal e não poderia deixar o barco daquela maneira, premido por circunstâncias da baixa política. Liguei para Francelino Pereira, então Governador, e mencionei a injustiça, a ingratidão e a covardia que estavam fazendo com aquele grande cidadão. Francelino, político como ninguém, resolveu compor a situação para, depois, em recompensa, nomear Mauricinho para o cargo de Secretário de Estado da Saúde, que ele aceitou e exerceu, com o brilhantismo de sempre, nos últimos dois anos de seu governo. Ainda assim, aquela injustiça não parou de doer em mim.
O último ato de Mauricinho como Reitor da FUNM foi escolher-me, numa lista tríplice, para dirigir a Faculdade de Direito do Norte de Minas. Ele foi à minha casa e entregou-me pessoalmente o ofício. Só aceitei o cargo depois de uma votação de todos os alunos. Ganhei a eleição e dirigi nossa Fadir por três anos, muito mais em homenagem Mauricinho do que para engrandecer meu currículo. E só saí de lá para tornar-me Juiz de Direito.
Foi Mauricinho que conseguiu com o governo estadual e com o Bispo D. José a desapropriação do terreno do campus. Eu era advogado da Mitra e da FUNM e fiz todo o trabalho jurídico gratuitamente. Hoje passo de carro por aquele complexo universitário – levei meus filhos e netos para conhecê-lo – e sinto o maior orgulho da pequena contribuição que dei à cultura de minha querida aldeia.
Maurícinho cardiologista, poeta, escritor, seresteiro, fazendeiro, fabricante de cachaça da boa, marido de Milene, esposa maravilhosa, sempre solidária e amorosa, pai de Mânia, Nairzinha, Vitorinha e Liliane é, para mim, a estrela mais brilhante dessa constelação de cultura. Outros viriam e lançariam tijolos. Mas o pai da obra, a base de tudo, o alicerce, foi ele, com sua abnegação, seu idealismo e seu amor por Montes Claros.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 70287
De: Paulo Fonseca Data: Seg 30/1/2012 21:10:08
Cidade: Montes Claros/MG
(...) sobre a emboscada e consequente morte a tiros de um casal que estava em um automóvel GOL, no último final de semana. o jovem teria sido morto por engano, a garota de forma acidental, e a motocicleta dos atiradores teria sido interceptada e derrubada ao solo por outro veículo que acomanhava o Gol, e no interior do qual estaria na realidade a pessoa que os bandidos pretendiam eliminar. Então abordaram o veículo errado. Eram amigos, mas o jovem morto tem parentes na cidade e estava em férias.Vale conferir (...).
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Página Anterior >>>

Abra aqui as mensagens anteriores:


Voltar à Página Inicial

 






Um olhar de Montes Claros sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros


Clique e acesse nosso Twitter
Siga o montesclaros.com


Últimas Notícias

01/08/15 - 18h05
Este noticiário será retomado na segunda-feira, às 7 horas, a não ser que aconteça fato extraordinário

01/08/15 - 18h
Inscrição para vagas remanescentes do Sisutec vai até amanhã

01/08/15 - 17h
Contra o Sport, Cruzeiro desafiará o melhor mandante do Brasileirão. A 98 FM vai transmitir o jogo

01/08/15 - 16h
Aeronáutica abre 298 vagas para formação de sargentos; inscrição vai até 25 de agosto

01/08/15 - 15h03
Militares brasileiros e paraguaios trocam tiros na fronteira e governo de Assunção reage pela sua soberania

01/08/15 - 15h
Manchetes dos jornais: Empreiteira admite cartel em obras de Angra 3” - “Camargo Corrêa faz acordo para delatar cartel em Angra 3”; “Recessão e chuvas afastam risco de falta de energia”

01/08/15 - 14h32
Estado assumiu gestão da saúde em M. Claros, no lugar da Prefeitura, desde hoje: "...a transferência (...) acontece (...) com o compromisso de proteger o usuário, melhorar a qualidade dos atendimentos e evitar a falta de serviços referenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na região"

01/08/15 - 14h
Enem perde 1 milhão de inscritos na prova de 2015, que terá 7 milhões e 746 mil candidatos

01/08/15 - 13h
Agosto, dos catopês, começa com ventos de 12 km em M. Claros; temperatura variou dos 30 aos 17 graus

01/08/15 - 12h
Mercedes suspende produção pela 2ª vez em 20 dias e deve demitir em setembro

01/08/15 - 11h
Assaltantes tomam pagamento de pedreiros, ainda na obra, às 3h da tarde, em bairro próximo do centro de M. Claros

01/08/15 - 10h
Passar mais tempo em pé, em vez de sentado, melhora saúde do coração - confirma estudo

01/08/15 - 9h
Jatinho da Embraer cai em local de leilão de carros na Inglaterra e mata família de Osama Bin Laden

01/08/15 - 8h
Saltadora de 21 anos fica paraplégica após queda em treino, sob olhar do pai

01/08/15 - 7h
Dólar sobe 10% em julho e fecha a R$ 3,42, o maior valor em 12 anos


31/07/15 - 18h
Cruzeiro terá a 12ª formação diferente, no jogo de domingo, contra o Sport

31/07/15 - 17h
Técnico diz que clima de euforia e de “oba-oba” tem que ficar longe do Atlético

31/07/15 - 16h09
"A 98 FM deixou sua programação normal, ainda há pouco, para homenagear João Leopoldo França, a grande voz de Montes Claros nos últimos 60 anos"

31/07/15 - 16h
Devedor de IPVA em Minas terá nome inscrito no SPC a partir de setembro

31/07/15 - 15h40
"Canta ainda, todos os dias, na Hora do Ângelus, na Rádio São Francisco de Assis 93 FM. É dele o vozeirão que há mais de dez anos comove a cidade quando o dia termina"

31/07/15 - 15h08
Montes Claros dá adeus à sua voz de ouro. Partiu, em Goiânia, aos 80 anos, João Leopoldo França, da Seresta João Chaves

31/07/15 - 15h
Câmara de Sete Lagoas bancou empréstimos até de servidores demitidos - aponta auditoria

31/07/15 - 14h
Tempo amanhece nublado em M. Claros, mas previsão é de “sol com algumas nuvens”. Ventos a 12 km

31/07/15 - 13h
Manchetes dos jornais: “Governo tem déficit inédito no 1º semestre, de R$ 1,6 bilhão” - “Aposentados pressionam o Congresso” - “Aumento nas despesas afetará os estados, alerta Dilma”

31/07/15 - 12h
Brasil não tem universidade entre as 130 mais bem avaliadas do mundo; Harvard segue como a primeira

31/07/15 - 11h
Três ladrões levam carro de luxo de revendedora, de madrugada; e invadem mercearia na zona rural

31/07/15 - 10h
Número em peça confirma que destroços são do Boeing desaparecido com 239 passageiros, admite vice-ministro

31/07/15 - 9h
Família brasileira perde 6,2% do poder de compra mensal, aponta pesquisa

31/07/15 - 8h
Depois de hoje, Lua Azul só voltará em janeiro de 2018

31/07/15 - 7h
Juro do cheque especial chega a 241% ao ano, o maior desde 1995; o do cartão vai a 372%


30/07/15 - 18h
Com morte da filha, fortuna de Whitney Houston ficará para mãe e irmãos

30/07/15 - 17h
Hospital Universitário recebe até amanhã inscrição para seleção de médicos e técnicos em enfermagem

30/07/15 - 16h
Nova alta dos juros deve aprofundar a recessão, avalia Confederação Nacional da Indústria

30/07/15 - 15h
Técnico do Atlético destaca poder de fogo de Pratto na vitória sobre o São Paulo

30/07/15 - 14h
Primeiro país a legalizar maconha, Uruguai agora proíbe venda de bebida alcoólica da meia-noite às 6h da manhã

30/07/15 - 13h45
Assolada pelo medo e pela violência, cidade põe padre em helicóptero para exorcizar e expulsar Satã

30/07/15 - 13h
Manchetes dos jornais: “Banco Central eleva juros a 14,25% e diz ter encerrado o ciclo de altas” - “Lava-Jato tem mais 6 delatores e 13 novos réus”- “Supermercados criam 8.000 novos empregos”

30/07/15 - 12h
Ventos de 13 km e temperatura de até 29 graus, hoje, em M. Claros

30/07/15 - 11h50
"A foto em epígrafe possui grande significado. Traz recordações da década de 60. Montes Claros se revelava pequena para a quantidade de sonhos de muitos nascidos..."

30/07/15 - 11h09
"Vivemos um período grave da vida nacional, do qual se deve extrair lições. Não se pode perder ensejo tão doloroso e traumático, para o qual, aliás, recorro...."

30/07/15 - 11h
Ladrões armados e encapuzados atacam na zona rural de M. Claros, e atiram; ousadia se espalha por toda parte

30/07/15 - 10h
Presidente Dilma veta a nova regra de reajuste para os aposentados; tema volta ao Congresso

30/07/15 - 9h
Destroços na Ilha da Reunião podem ser mesmo do Boeing da Malaysia Airlines desaparecido com 239 passageiros

30/07/15 - 8h
Brasil tem a 5ª maior população do mundo, mas recuará para o 13º lugar em 2100 – antecipa a ONU

30/07/15 - 7h
Juro vai a 14,25% ao ano, no sétimo aumento consecutivo. É o maior desde 2006


29/07/15 - 18h
Luxemburgo sofre com dificuldades para montar time ideal do Cruzeiro

29/07/15 - 17h29
Almirante (de 76 anos, que conhece os segredo nucleares do Brasil) preso pelo juiz Moro deixa carceragem da Polícia Federal e vai para Quartel General

29/07/15 - 17h
Atlético defenderá invencibilidade de 10 anos hoje, contra o São Paulo. A 98 FM vai transmitir o jogo

29/07/15 - 16h
Há 5 concursos sem ganhador, Mega-Sena vai sortear, hoje, 46 milhões de reais (Aposta de Osasco, São Paulo, acertou as dezenas 04 - 06 - 19 - 20 40 - 41)

29/07/15 - 14h
Manchetes dos jornais: “Câmara paga R$ 4,5 milhões por empréstimos falsos” - “Com 2 prisões, Lava Jato avança no setor elétrico” - “Nova fase da Lava Jato apura corrupção no setor elétrico”

29/07/15 - 13h
“Esquema na Câmara de Sete Lagoas desviou 4,5 milhões de reais” – resume jornal de BH

29/07/15 - 11h56
"O meu irmão, Cel. José Ortiga, que foi comandante geral da nossa PM, sempre é..."

29/07/15 - 12h
Vai sair o edital dos Correios para concurso de 2 mil vagas de carteiro e operador de triagem

29/07/15 - 11h41
"Parece-nos desnecessário ressaltar, mas foi um duro golpe para a memória da cidade de Montes Claros"

29/07/15 - 11h
Os assaltos de cada dia. Ontem, no Alto de São João e, anteontem, na Avenida de São Judas

29/07/15 - 10h
Prefeituras transferem ao Detran emplacamento e cobrança de IPVA das "cinquentinhas"

29/07/15 - 9h34
Breve história de uma instituição benemérita de M. Claros, que se fez ouvir pela primeira vez em 15 de Novembro de 1956. A ideia veio de um major, depois protagonista dos graves acontecimento de 1964

29/07/15 - 9h
Apenas 2,4% dos assassinatos no Brasil são punidos, apura pesquisa

29/07/15 - 8h
Celular ultrapassa computador de mesa na preferência de crianças e jovens

29/07/15 - 7h20
50º Batalhão da PM: "Entendemos que a vigilância armada da Empresa Novo Nordisk foi oportuna e efetiva para aquela questão, sendo realizada por pessoa habilitada, evitando assim desdobramentos graves e inimagináveis se aquela empreitada delituosa tivesse dado certo"

29/07/15 - 7h
Conta de luz, com bandeira vermelha, permanecerá mais cara em agosto


28/07/15 - 18h
Briga pelo G-4 do Brasileirão terá confrontos decisivos

28/07/15 - 17h
Cruzeiro de 2015 tem a pior média de gols do clube na era pontos corridos do Brasileirão

28/07/15 - 16h
Vacina contra dengue é mais eficaz em pessoas de 9 a 60 anos

28/07/15 - 15h
Autópsia não ajuda a desvendar causa da morte da filha de Whitney Houston

28/07/15 - 14h
Dia já cresceu 4 minutos em M. Claros, em relação à maior noite do Inverno, em 21 de junho

28/07/15 - 13h
Manchetes dos jornais: “Crise força demissões em 70% das prefeituras” - “Bolsas caem e dólar dispara por temor de bolha chinesa” - “Projetos de mobilidade em 7 capitais ficam no papel”

28/07/15 - 12h
Brasileiro consome menos álcool, mas segue entre os que mais bebem nas Américas – revela OMS

28/07/15 - 11h
Nova tentativa de execução nesta Rua Zuza Engraxate; homem chega, chama por outro, e atira várias vezes

28/07/15 - 10h
Autorizado concurso do IBGE para 460 vagas de nível médio e 140 de nível superior

28/07/15 - 9h45
"...em um local ermo e escuro próximo a um matagal, momento em que aproximadamente cinco indivíduos encapuzados, usando esta edificação como esconderijo, levantaram e começaram a gritar, efetuando disparos de arma de fogo contra o vigia, que veio a..."

28/07/15 - 9h
5 homens, encapuzados e armados, em tentativa de assalto. Vigilante atira, um morre e outro fica ferido

28/07/15 - 8h
Mercado financeiro eleva estimativa de inflação para 9,23%, com queda de 1,76% no PIB

28/07/15 - 7h
Meia Fred é flagrado em exame antidoping na Copa América; é o 2º caso na história da seleção brasileira


27/07/15 - 18h
Atlético aproveita tropeço de concorrentes diretos e se isola na liderança do Brasileirão

27/07/15 - 17h
Após derrota para o São Paulo, jogadores do Cruzeiro falam em "bagunça" do time

27/07/15 - 16h
Brasil teve, em média, mais de 143 assassinatos por dia no ano passado

27/07/15 - 15h
Temperatura vai variar 16 graus, hoje, em Montes Claros - dos 15 aos 31

27/07/15 - 14h
Manchetes dos jornais: “Economia fraca frustra R$ 122 bilhões da arrecadação” - “País tem 5,8 mil ações por crimes financeiros” - “Manobra tenta afastar procurador da Lava Jato”

27/07/15 - 13h
21 pessoas foram internadas com cortes no pescoço por causa das linhas de cerol, só em BH, no 1° semestre; lei é ignorada há 13 anos



OUÇA E VEJA A 98 FM
Todos direitos pertecentes a Rádio Montes Claros 98,9 FM. O material desta página
não pode ser publicado, transmitido por broadcasting, reescrito ou distribuído
sem prévia autorização